MI Evandro disputa final do brasileiro

MI Evandro Barbosa. Crédito da imagem: www.clubedexadrezonline.com.br

MI Evandro Barbosa. Crédito da imagem: www.clubedexadrezonline.com.br

O mestre internacional paraisense Evandro Amorim Barbosa, presidente do CXSSP, está no Rio de Janeiro/RJ, participando do principal torneio de xadrez do Brasil.

O campeonato brasileiro de xadrez, promovido pela CBX – Confederação Brasileira de Xadrez e organizado pela FEXERJ – Federação de Xadrez do Estado do Rio de Janeiro, é um torneio de enorme tradição, que ocorre há mais de 80 anos. Sua primeira edição ocorreu no ano de 1927, tendo como vencedor o enxadrista João de Souza Mendes. Neste ano está sendo disputada a edição de número 82.

Veja aqui no site Brasil Base o histórico dos campeões e até mesmo algumas bases de partidas dos torneios.

Atualmente, o campeonato nacional é decidido em uma fase final, para a qual se classificam os melhores jogadores em duas semi-finais disputadas, uma delas, nas regiões norte e nordeste do país e outra nas regiões sul e sudeste, mais os melhores classificados na edição anterior da final e também jogadores por convite da confederação e do organizador.

O prêmio reservado ao campeão é de R$3.000,00. Confira aqui, no portal CXOL, as informações completas do torneio.

O mestre Evandro integra o seleto rol dos 12 jogadores a disputar o título nacional de xadrez nessa 82ª edição. Já é a quarta vez que o MI Evandro disputa uma fase final de brasileiro, tendo como melhor colocação o vice-campeonato brasileiro no ano de 2012.

Veja aqui, em matéria do site Revista Meio Jogo, o perfil de todos os demais participantes desta final.

A final do brasileiro tem transmissão ao vivo das partidas. Clique aqui para abrir o visor (site externo). Veja o emparceiramento completo, com os resultados parciais, clicando aqui.

Outros dois paraisenses já foram finalistas do Brasileiro Absoluto. Erlon Braghini em Teresina/PI em 2000 (suíço com 23 jogadores) e Gérson Peres em Itabirito/MG em 1998 (matches eliminatórios com 16 jogadores), ambas edições com formatos diferentes do schuring atual, que é todos contra todos. (Alteração do texto em 13/01/16. A participação do paraisense Erlon Braghini foi muito bem lembrada por Gerson Batista, em matéria do Jornal do Sudoeste. Veja a matéria).

A comunidade paraisense se orgulha muito em ter um representante nessa final, único de Minas Gerais.

Esperamos que o jovem mestre Evandro possa fazer ótimas partidas e, quem sabe, dessa vez trazer o desejado troféu de melhor do país no xadrez!

 

Classificação após a oitava rodada:

Classificação após a oitava rodada

 

Escrito em 9 de janeiro de 2016. Atualizado em 14 de janeiro de 2016. Equipe CXSSP.

Veja também: